Ir para conteúdo

Ir para conteúdo

Prefeitura
Acompanhe-nos:
Facebook
Notícias
Principal   Notícias
 

06/08/2018 às 15:32:00
Estado segue com recape emergencial da SP-261

› Local: Boraceia (SP)
De acordo com o cronograma estabelecido entre Estado e CGS a conclusão do recape virá em todo o trecho virá entre os meses de agosto e setembro. Além desse recape especial, será realizada a reabilitação da sinalização horizontal. A obra toda foi orçada em R$ 7.587.542,80 milhões.

Quem se utiliza da rodovia SP- 261 do trecho entre Bariri até o limite entre Boraceia e Pederneiras já pode usufruir de uma melhoria significativa na capa asfáltica. A empresa CGS já executou o recape emergencial em mais da metade dos 33 quilômetros de rodovia que ligam as três cidades.

De acordo com o cronograma estabelecido entre Estado e CGS a conclusão do recape virá em todo o trecho virá entre os meses de agosto e setembro. Além desse recape especial, será realizada a reabilitação da sinalização horizontal. A obra toda foi orçada em R$ 7.587.542,80 milhões.

A empresa utiliza o sistema de pare-siga para a execução do serviço. O recape da rodovia foi anunciada pelo então governador do Estado, Geraldo Alckmin, na ocasião da sua visita em Boraceia, em julho de 2015. Alckmin atendeu a solicitação do prefeito Marcos Bilancieri que desde 2013 buscava a liberação das melhorias no trecho.

Devido a crise que se abateu sobre todo o Brasil a liberação para o início das obras só saiu no início deste ano. “Esse recape especial é emergencial, nossa luta para a modernização do trecho que terá além da aplicação de uma capa asfáltica mais grossa e durável, terceira faixa nos trechos críticos, acostamento nos dois sentidos nos 33 quilômetros além de dois viadutos de acesso”, explica Bilancieri.

Em junho o governador Márcio França atendeu novamente a um pedido de Bilancieri e autorizou a abertura do processo licitatório para a realização de um estudo que irá contemplar todos os pedidos para a modernização da SP-261. No final de julho, foram abertos os envelopes com as propostas das empresas interessadas em desenvolver o projeto.

Bilancieri explica que depois de todo o trâmite burocrático, a empresa escolhida deverá ter entre oito meses a um ano para executar o projeto e apresentar ao Estado. “Vamos torcer para que tudo dê certo, para que em 2019, o governador Márcio França “dê o autorizo” para a execução da obra que deve custar ao Estado algo em torno de R$ 80 milhões”, afirma Bilancieri.

Wagner Carvalho - jornalista


Fonte: Comunicação e Imprensa - Boraceia
 
 
 
 
Prefeitura de Boraceia
MapaPraça Eugênio Burjato, n° 93 - Centro - CEP - 17270-000 | Telefone para contato: (14) 3295-9100 Acompanhe-nos:
Facebook
FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES
DA PREFEITURA
De Segunda a Sexta-feira das 8h as 11h e das 13h a 17h © Copyright Instar - 2006-2018. Todos os direitos reservados. Instar
Seta
icone instar © Copyright Instar - 2006-2018. Todos os direitos reservados.