Ir para o conteúdo

Prefeitura de Boraceia
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
06
06 JUN 2022
Pessoas com 50 anos ou mais e profissionais da saúde podem tomar quarta dose da vacina contra Covid-19
enviar para um amigo
receba notícias
PROCESSANDO ÁUDIO
A programação de imunização contra a Covid-19 segue na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Paraíso, de acordo com o calendário de cada público-alvo ou faixa etária. Pessoas acima de 50 anos, que tomaram a dose adicional (3ª dose) em janeiro ou antes, podem agora tomar a dose de reforço (4ª dose). O mesmo vale para os profissionais da saúde.
A programação de imunização contra a Covid-19 segue na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Paraíso, de acordo com o calendário de cada público-alvo ou faixa etária. Pessoas acima de 50 anos, que tomaram a dose adicional (3ª dose) em janeiro ou antes, podem agora tomar a dose de reforço (4ª dose). O mesmo vale para os profissionais da saúde.

Em Boraceia, considerando a população apta a receber o imunizante (5 anos ou mais), quase 92% já atingiu o esquema vacinal completo, duas doses de imunizantes da AstraZeneca, Pfizer ou Coronavac ou dose única da Janssen. Esse índice faz com que o esforço do Núcleo de Imunização da Coordenadoria Municipal de Saúde se concentre em aumentar o ritmo da aplicação de doses adicionais e de reforço.

Segundo Maria Helena Scipioni, Coordenadora de Saúde do Município. “as doses de reforço ainda são direcionadas para público-alvo bem específico que leva em consideração faixa etária, por exemplo. Por isso o alto índice no caso do esquema primário e depois a queda em relação à dose de reforço”.

Apesar disso, Maria Helena chama atenção para a diferença dentro do ciclo primário. “Quase 92% da população iniciou o ciclo primário com a primeira dose, mas 84% completaram com a segunda. Essas pessoas precisam retornar a UBS para a segunda dose. Uma explicação para essa diferença é a queda da percepção de risco em relação à Covid-19. E a pandemia ainda está aí, não podemos deixar de nos protegermos com a vacina, agora disponível para todos”, alerta. A vacinação freou a velocidade de contaminação da covid-19 e diminuiu drasticamente o número de óbitos, mas o vírus segue circulando.
 
Fonte: Ascom Boraceia - Umalauda Comunicação
Autor: Wagner Carvalho - MTB 46.396
Seta
Versão do Sistema: 3.2.3 - 06/06/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia